Início > .hack, Guias, PC, PS2, PS3, Random, SMT, Tales of the Abyss > Lots and lots o’ stuff~

Lots and lots o’ stuff~

Ok, já faz um tempo que não posto nada aqui, e não é sem motivo: a UFAM voltou da greve e desde então estive atolado de coisas pra fazer/rever/reaprender.

Mas agora, finalmente estou de férias… por 1 semana. Well, shit.

Anyway, nesse meio tempo, aconteceu bastante coisa:

DotA e Counter Strike: o tempo todo nas horas livres na facul. Sou péssimo em ambos, mas o importante é se divertir :P

Eu estava trabalhando em um walkthrough de Shin Megami Tensei III: Nocturne, mas aparentemente meu ps2 morreu de vez, portanto não vai dar para terminar. De qualquer forma, não se surpreenda se eu decidir postar aqui algumas partes do guia que eu cheguei a terminar.

Parei de jogar Shin Megami Tensei: IMAGINE Online. A única coisa que me mantinha no jogo eram meus amigos, mas com exceção de 4 deles, todos pararam de jogar. Cheguei a entrar em um novo clan, mas não tive ânimo para continuar. Até porque o jogo não recebe conteúdo novo de verdade há um bom tempo (equipamentos de cash semanais, e a entediante e minúscula virtual beach não contam). Se fosse para definir esse jogo, eu diria: “Grande potencial, mas quase todo desperdiçado. Playerbase interessante e geralmente amigável, mas com muito QQ. Also, Cave sucks.”

Comecei a jogar Aion. Esse jogo possui ótimas jogabilidade e história, mas a interação entre jogadores é quase mínima fora de Legions. Pouquíssimas vezes eu vi alguém usar o “Say” chat, o “Shout” é usado só para dar a localização de asmos, e o “LFG” é lotado de gente procurando por instances/trades, e bots de gold. Aliás, a quantidade de bots de gold é incrível: está na cara que a NC Soft não dá a mínima para eles. Infelizmente, meu note não roda esse jogo e tenho que jogar no do meu irmão, então só posso jogar nas raras vezes em que ele deixa o note em casa :/

FINALMENTE criei coragem e comecei a fazer a adaptação do walkthrough de Tales of the Abyss para postar aqui no blog. Aproveitei e fiz uma revisão na maioria das páginas. Refiz a página de Capacity Cores completamente, e ajeitei as tabelas em algumas delas. Acabo de postar a parte 1 do walkthrough: ainda estou trabalhando na parte 2, porque o wordpress está dando problemas com cada uma das dezenas de tabelas que eu uso no guia, though. Better late than never, I guess. Also, refiz o mapa de Replica Lab, e pretendo postar a v2.1 do guia no GameFAQs em breve.

Estive jogando Devil Summoner 2: Raidou Kuzunoha vs King Abaddon ultimamente e, com exceção do fato da handgun ter sido quase inutilizada, posso dizer que o jogo é BEM melhor que o 1. E novamente, Raiho é um dos meus demons preferidos :P

Rejoguei Megaman Legends, e posso dizer com certeza que nenhum jogo que já joguei me deixa tão paranóico quanto esse. Nenhum. A cada momento parece que um inimigo vai sair de uma esquina… e geralmente isso acontece. O fato de você poder ouvir os passos de inimigos à distância e através de paredes não ajuda. Um ótimo jogo, mas infelizmente o último chefe é uma piada para derrotar.

Após muito tempo, tive a oportunidade de jogar inFamous 2, e devo dizer: estou meio desapontado. A jogabilidade e o gráfico estão bem melhores, mas a história me pareceu meio apressada, e o final Evil foi simplesmente chato. A batalha final do inFamous 1 foi épica, já no 2, só o que tive que fazer foi martelar o Quadrado e R1 por um tempo… E eu sinto falta do raio negro u.u

O que me lembra: A versão de inFamous 2 que joguei foi a dublada em pt-br. A dublagem é perfeita (a tradução, nem tanto, percebi várias falhas e traduções literais). De fato, ouvi dizer que a nova voz de Cole em inglês é péssima, mas não tive problema algum com a versão brasileira. De qualquer forma, se filmes e séries fossem dublados da maneira que jogos estão sendo, eu não teria problema algum em assistí-los dublados. Também joguei Uncharted 1 e 3 em pt-br, e a dublagem desses também é perfeita.

Também joguei Assassin’s Creed: Revelations, rejoguei Assassin’s Creed 1 e 2, e estou vendo se arranjo o Brotherhood, e depois procurar alguém para me emprestar o AC3. Só o que tenho a dizer é que eu finalmente encontrei uma história tão complicada quanto .hack… e eu adorei isso.

E por falar em .hack, Guilty Dragon foi lançado, mas como não tenho um celular que preste e não entendo nada de japonês, não cheguei a jogar.

E novamente, falando em .hack, eu estava sem nada para fazer e, como descobri que o note do meu irmão consegue rodar um emulador de ps2 a uma velocidade jogável (depende do jogo, devil summoner 2 vai a 80-120%, enquanto Okami vai a 40-80%), resolvi finalmente por a teste uma coisa que eu tinha visto há um bom tempo no dothackers //BBS. 5 minutos em um hex editor, e voilá:

É facilmente possível usar qualquer um dos SPCs de Infection seguindo o tutorial feito por Xu Yuan no dothackers, aqui: Hacking .hack//Infection. Tudo o que você precisa é de um hex editor (eu usei o HxD) e a iso do jogo :P

Infelizmente, o Mutation não funciona exatamente da mesma maneira, então essa maneira só funciona com o Infection.

  1. George
    13/11/2012 às 12:00

    hey man
    So passando para perguntar qual o seu emu de PS2, eu tendei mas não funcionou.
    Eu jogava Devil Summoner 2: Raidou Kuzunoha vs King Abaddon, mas meu ps2 morreu. Gostei muito e parei numa das melhores partes, alem de estar perto do final.
    Vlw

  2. 13/11/2012 às 21:56

    Eu uso o PCSX2 v1.0 (pcsx2-1.0.0-r5350-binaries) com a BIOS SCPH-70012_BIOS_V12_USA_200, configurado com Pré-Definição: 3- Balanceado, e os seguintes plugins:

    (also, uso weave bff no plugin de gráficos pra a tela não ficar tremendo)

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: