Início > .hack, Downloads, PS2, SMT > There and back again…

There and back again…

Para começar, gostaria de dizer que vou parar com esse negócio de pedir desculpas no começo de cada post por ter um longo intervalo de tempo entre estes. Meu plano original nunca foi ter posts, para começo de conversa!

Tendo isso fora do caminho,

Primeiro,

Completei a tradução de .hack//Another Birth vol.1//Infection!

That’s right, lembra que eu disse que voltaria a trabalhar nessas traduções alguns meses atrás? Pois é, durante uma conversa com um amigo, senti vontade de voltar ao .hack, e por isso resolvi retomar o projeto das traduções. Não tenho planos de fazer a tradução do vol.3 imediatamente (ter que refazer tudo o que eu perdi é meio desanimador), mas pretendo fazê-lo em algum ponto.

Na verdade eu terminei essa tradução há algum tempo, mas tive que rejogar .hack//INFECTION – Part 1 para poder encontrar as falas originais das conversas que a Tokyopop trocou, então demorou um pouco mais do que o previsto.

E segundo, finalmente terminei de converter todas as seções do meu detonado de Nocturne!
Talvez já tenham notado que eu completei e postei o Walkthrough há algum tempo, mas só completei o Demonic Compendium vários dias depois porque GODDAMNED TABLES! >_O

Só para ter uma idéia:

Compendium Done - 25882 lines!

Sim, mais de 25000 linhas. No fim, foi um documento de texto de mais de 1mb só com os códigos html dessas malditas tabelas. Se eu não tivesse feito um programa pra me ajudar nisso, teria levado meses para terminar!

Depois dessa, vou evitar usar tantas tabelas x_x’

  1. 03/11/2013 às 21:07

    Ah, desculpe a demora para responder.
    Bem, caso não tenha problema, continuo nesse post.
    Nway…

    “Yep. Foi meu primeiro jogo de ps3, na verdade.”, resposta de Hidora sobre Eternal Sonata.

    Ah, entendo. Jogou a última dungeon?

    “[varias quotes sobre Dragon’s Dogma]”

    Não tive tempo de jogar ainda, mas quando der, usarei as dicas, com certeza (destaque nas que dizem sobre o “love interest”). Valeu.

    “Nope. Já ouvi falar bastante bem de Ni no Kuni, mas nunca joguei.”, resposta de Hidora sobre Ni no Kuni e Valkyria Chronicles.

    Bem, em relação a ambos, não joguei também, mas as críticas são, em suma, positivas. Beirando a perfeição, na verdade.

    Devem ser essas. Que seja.

    Em relação ao post,
    nem esquente com as desculpas, lol. Mas os posts são legais, de qualquer forma.

    Era certeza que terminaria a tradução. Digo, não sei se você já disse que iria terminar, mas eu tinha certeza que iria (de um volume, ao menos).
    Eu até havia pensado em oferecer ajuda, ou juntar algum pessoal do “LNP”, mas deixei quieto. É projeto seu.
    Que seja, muito obrigado de qualquer forma. Infelizmente, eu já havia lido em inglês (que deu um trampo infernal por serem imagens, e não textos, aumentando em 10x o peso do arquivo…), mas o pessoal que ainda não tiver lido e curtir a franquia, curtirá bastante, acredito eu.
    btw, Estava pensando agora, mas, caso os devidos créditos sejam dados, tem algum problema em disponibilizar o link do 4shared em algum outro site relacionado? Caso não tenha feito isso ainda, é claro.

    Mas e aí? Boa a sensação de re-jogar o Infection? Aliás, qual o seu preferido dos 4, ou 7? E o Versus, já passou pelo seu console?

    LOL. Parabéns por terminar. Cara, você é um guerreiro, herói e afins, lol.
    Que bom que conseguiu, alguém já mandou um e-mail agradecendo?

    Sorte aí. E desculpe caso demore pra responder outra vez.

  2. 04/11/2013 às 00:52

    antitachyon :

    “Yep. Foi meu primeiro jogo de ps3, na verdade.”, resposta de Hidora sobre Eternal Sonata.

    Ah, entendo. Jogou a última dungeon?

    Pelo que me lembre, cheguei a jogar uma dungeon opcional um tanto longa no fim do jogo, se é isso o que você está perguntando. Não jogo desde o começo de 2011, então não lembro de muita coisa :s

    antitachyon :

    Era certeza que terminaria a tradução. Digo, não sei se você já disse que iria terminar, mas eu tinha certeza que iria (de um volume, ao menos).
    Eu até havia pensado em oferecer ajuda, ou juntar algum pessoal do “LNP”, mas deixei quieto. É projeto seu.

    LNP?

    Nunca pensei em pedir ajuda a alguém porque meu estilo de tradução é um pouco diferente do que tenho visto em outras traduções de fãs. Quando se misturam várias pessoas em um projeto pequeno desses, fica complicado manter algo constante.

    Nway, ainda estou criando coragem pra recomeçar a tradução do vol 3. Se meu velho desktop não tivesse ido pro saco eu provavelmente já teria terminado a essa altura. Agora fica aquela sensação ruim sempre que tento recomeçar…

    antitachyon :

    Que seja, muito obrigado de qualquer forma. Infelizmente, eu já havia lido em inglês (que deu um trampo infernal por serem imagens, e não textos, aumentando em 10x o peso do arquivo…), mas o pessoal que ainda não tiver lido e curtir a franquia, curtirá bastante, acredito eu.

    Sim, eu tive esse problema também. Minha tradução tem 7.7mb, enquanto o original scanneado tem 63mb. O documento do word tinha 26.5mb, mas quando passa pra pdf fica bem mais leve.

    antitachyon :

    btw, Estava pensando agora, mas, caso os devidos créditos sejam dados, tem algum problema em disponibilizar o link do 4shared em algum outro site relacionado? Caso não tenha feito isso ainda, é claro.

    Sinta-se à vontade. Desde que o nome de outras pessoas não apareça “de repente” em algum lugar do documento, não tenho problemas quanto a isso, e na verdade até apoio.

    Eu mesmo não disponibilizei em site algum. Na época do AI Buster eu postei em alguns fóruns e várias comunidades no Orkut, mas hoje em dia eu não participo de nenhum fórum, e o Facebook não funciona do mesmo jeito.

    Quando traduzi o AI Buster 2, alguém tinha postado em um site de torrents que não lembro mais qual, mas foi há muito tempo, e foi a primeira versão, que era bem podre lol

    antitachyon :

    Mas e aí? Boa a sensação de re-jogar o Infection?

    Não tão boa porque tive que fazer um speedrun: meu pc não consegue rodar nenhum .hack a mais de 50% no emulador, e meu ps2 está em péssimas condições. Eu não sabia se o jogo ainda ia funcionar se eu desligasse, então tive que correr com tudo e terminei o jogo desligando o ps2 só 3 vezes ._.

    …e o pior é que só depois de derrotar Skeith que eu fui lembrar que as falas que eu estava esperando ver na verdade são parte do Mutation, não do Infection: por algum motivo, a novel do Infection vai até a segunda cena importante do Mutation.

    Admito que a nostalgia me afetou bastante enquanto jogava, though. Senti vontade de continuar jogando, mas antes de fazer isso eu testei e… meu ps2 não consegue mais rodar Oubreak, Rebirth e nem Reminisce. Triste.

    antitachyon :

    Aliás, qual o seu preferido dos 4, ou 7? E o Versus, já passou pelo seu console?

    Acho que já disse em algum lugar, mas tenho uma preferência por Mutation e Reminisce. Não gosto de comparar IMOQ com G.U., então não posso dizer qual dos dois eu prefiro.

    Não cheguei a jogar o VERSUS porque:
    1- Sou péssimo em jogos de luta (mesmo motivo de não ter jogado Persona 4 Arena)
    2- Não entendo nada de japonês, e eu nunca jogaria um .hack para não entender a história.

    antitachyon :

    LOL. Parabéns por terminar. Cara, você é um guerreiro, herói e afins, lol.
    Que bom que conseguiu, alguém já mandou um e-mail agradecendo?

    Ainda não, mas não recebi os primeiros e-mails de Tales of the Abyss até uns 8 meses depois de postar o guia, e continuo recebendo alguns de vez em quando até hoje. Além do mais, não espero muitos e-mails, já que Nocturne não é tão conhecido assim, apesar de ser um dos melhores jogos que já joguei.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: