.hack

Para quem não conhece, .hack é uma série multimídia criada pela CyberConnect2, e publicada pela Bandai (agora Namco Bandai), que se passa no mundo de jogo de um MMORPG fictício chamado The World.

Quase todos os títulos de .hack contam histórias com personagens diferentes e às vezes em épocas diferentes, porém todas estão conectadas em uma grande história onde eventos do mundo de jogo podem chegar a afetar o mundo real.

Se quiser ter acesso à ordem cronológica dos títulos da série, veja a Linha do Tempo.

Antes de começar, deixe-me dizer: se quiser entender a série por completo, prepare-se pra uma grande dor de cabeça. É provavelmente a história mais complicada que você vai ver em um bom tempo.

.hack é uma série futurista (hey, a série foi iniciada há mais de 10 anos!) em que os acontecimentos no The World chegam a afetar o mundo real.

A história de .hack começa em 1986, quando uma ecologista francesa chamada Dominique de Mirabeau prevê a completa extinção da vida na terra nos próximos 1000 anos se a sociedade continuasse do jeito que estava. A única solução encontrada por ela para foi parar a atividade humana de alguma forma.

Em 1989, os seguidores de Mirabeau criam a organização chamada “mama”, dedicada a defender a Mãe Terra. O seu objetivo primário era encontrar uma maneira de parar a atividade humana no planeta. Desde a sua fundação, eles perseguem esse objetivo. Entre seus membros estavam Emma Wielant e os fundadores da ALTIMIT Corp.

Em 1999, praticamente todas as pessoas ao redor do mundo possuem acesso à Internet.

No começo do século XXI, conforme a Internet fica cada vez mais popular, informações secretas dos governos começam a ficar cada vez mais difíceis de esconder e fáceis de se obter. Hackers continuam a atacar a rede e o índice de crimes cibernéticos aumenta criticamente.

Em outubro de 2002, A WNC (World Network Commission), um subsistema das Nações Unidas, é criada.

Em Janeiro de 2003, Acontece a primeira reunião da WNC. Em Abril, um vírus de computador chamado “Hello WNC” atinge mais de 10 milhões de usuários.

Em dezembro do mesmo ano, “Deadly Flash”, um vírus capaz de induzir ataques epilépticos, é lançado, causando a morte de 4 pessoas e a internação de milhares de outras em hospitais. O criador do vírus, um jovem japonês, é a primeira pessoa a ser sentenciada à pena de morte por crimes cibernéticos.

Em abril de 2004, após a reunião de primavera, a WNC torna as leis cibernéticas mais rigorosas. Em agosto, Emma Wielant morre em um acidente automobilístico e seu poema épico inacabado, “Epitaph of Twilight”, desaparece da Internet.

Ainda em agosto do mesmo ano, o computador principal do Banco Nacional da Suíça é hackeado e mais de $84 milhões são roubados das contas de usuários.

Em janeiro de 2005, a bolsa de Nova York é hackeada, fazendo os preços no mundo inteiro subirem.

No dia 24 de dezembro de 2005, o vírus “Pluto’s Kiss” consegue desligar a internet. Todos os computadores e controles de sistema de comunicação na rede param, sendo recuperados apenas 77 minutos depois. O culpado é um garoto de 10 anos do ensino fundamental que mora em Los Angeles. Após o vírus, todas as atividades na Internet se tornam restritas, exceto para propósitos governamentais ou de negócios.

Em 2006, o período conhecido como “Twilight of the New Gods” começa e a produção de jogos online cessa. Em janeiro, o 44º presidente dos EUA, Jim Stonecold, renuncia devido às fortes críticas quanto ao Pluto’s Kiss.

No verão do mesmo ano, ALTIMIT OS, o único sistema operacional a sobreviver completamente ao Pluto’s Kiss, torna-se o sistema operacional mais popular do mundo. Parte do pessoal se separa da companhia para fundar a CyberConnect Corporation. Harald Hoerwick, um gênio em programação apaixonado pela falecida Emma Wielant vindo da Alemanha, apresenta um jogo baseado no poema Epitaph of Twilight, Fragment, à CyberConnect e é contratado por eles.

Em janeiro de 2007, a ALTIMIT Corporation estabelece 12 milhões de filiais através do mundo. Em maio, a CyberConnect Japan é fundada. Junichiro Tokuoka e seu assistente, Kazushi Watarai, começam a trabalhar na versão japonesa de Fragment.

Em maio do mesmo ano, o beta test de Fragment começa, se tornando rapidamente o assunto mais discutido por gamers. Em julho, Harald Hoerwick, criador do Fragment, desaparece. No mesmo mês, acaba o beta test de Fragment.

Ainda em 2007, em outubro, a WNC cria uma lei forçando todos os computadores a trocarem de sistema operacional para ALTIMIT OS. A CC Corp, como ficou conhecida a CyberConnect Corporation, anuncia o lançamento oficial de Fragment para o mês seguinte.

No primeiro dia, Fragment, agora nomeado “The World”, vende mais de 100 mil cópias. No fim do mesmo mês, a CC Corp nega boatos quanto ao The World ser descontinuado. O período conhecido como “Twilight of the New Gods” termina com o lançamento do The World.

No dia 24 de dezembro de 2007, o feriado internacional “Virgin’s Kiss” é criado pela WNC. As restrições de rede são removidas.

Nota: Esse feriado é chamado de “Mother Mary’s Kiss” na linha do tempo de .hack//AI Buster 2 e .hack//Another Birth.

A história dos títulos da série .hack começa em 2010, a partir de .hack//AI Buster (.hack//Epitaph of Twilight é o único título da série que se passa antes de AI Buster).

Also, não se assuste ao ver trocentas versões diferentes do personagem principal de IMOQ, Kite, entre os vários títulos da série. Até o fim da série em 2024, esses são os personagens com o modelo similar ao de Kite:

  • Kite (o original de IMOQ)
  • Shugo (Legend of the Twilight)
  • Azure Kite (Roots e G.U.)
  • Kite (Link)
  • Sakuya (Quantum)
  • Kite/Sora (Beyond The World)

Note que nenhum desses trata-se do mesmo jogador. Todos são personagens completamente diferentes, eles só possuem a aparência parecida.

Até o momento, as séries .hack das quais tenho conhecimento são:

Animes

.hack//SIGN

Conta a história de Tsukasa, um Wavemaster que não consegue se desconectar do The World. Se passa antes de .hack//Infection – part 1 e depois de .hack//AI buster

.hack//Legend of the Twilight (a.k.a. Udeden)

Conta a história de Shugo e Rena, dois irmãos que em um concurso ganham personagens iguais a Kite e BlackRose, os dois jogadores lendários conhecidos como .hackers. É considerado uncanon, a verdadeira versão sendo o mangá de mesmo nome.

Nota: Antes do lançamento oficial em inglês, o nome .hack//DUSK foi usado em traduções de fãs, portanto não existe oficialmente um título chamado “DUSK”.

.hack//ROOTS

Prelúdio de .hack//G.U., conta os fatos como a entrada de Haseo na guild Twilight Brigade e a “morte” de Shino, assim como o desaparecimento de Ovan e a ascenção de Haseo a PKK lendário.

OVAs (Oficial Video Animations)

.hack//SIGN

  • Unison
  • Intermezzo
  • Gift

.hack//G.U. Returner

.hack//Quantum

  • Walking Party
  • Wired Prisφner
  • The ωorldend Pallbearer

Thanatos Report

OVA de 20min liberado ao terminar o jogo .hack//VERSUS. Conta a história de David Steinberg, agente da NAB, em sua investigação da organização chamada “mama”.

Jogos

Project .hack (PS2)

.hack//G.U. (PS2)

.hack//Frägment (PS2)

Jogo que simulava o jogo Fragment (jogo no qual The World foi baseado) e, portanto, possuia modo online, porém o jogo não possui mais servers online, podendo ser jogado apenas no modo Single Player. Foi lançado apenas em japonês.

Ao contrário do que muitos acreditam, o jogo não teve seus servidores removidos por falta de interesse, e sim porque isso já havia sido planejado quando o jogo foi lançado (de fato, os servidores foram removidos após o prazo estipulado quando o jogo foi lançado).

.hack//Link (PSP)

Jogo que possui os mesmos personagens do mangá de mesmo nome, mas possui uma storyline bastante diferente. Foi lançado em março de 2010 no Japão e ainda não há previsão de lançamento em inglês.

.hack//VERSUS (PS3)

Jogo de luta lançado junto com o filme .hack: Beyond The World.

.hack//Mobile (Celular)

Guilty Dragon: The Sin Dragon and the Eight Curses (iPhone/Android)

Não é um .hack, mas se passa no mesmo universo da série, então pode-se dizer que é o sucessor espiritual da série. O jogo se passa no The World: Armed Conflict, e é online, mas o sistema simplificado o deixa muito longe de um MMO.

Light Novels

.hack//AI buster (Tradução)

Conta a história de Albireo, um Long Arm que encontra uma estranha garota de vestido vermelho e acaba descobrindo a verdade sobre o The World. Se passa antes de .hack//SIGN.

.hack//AI buster 2 (Tradução)

Complemento de .hack//AI buster. Contém cinco histórias:

  1. .hack//AI buster pela visão de Hokuto;
  2. O que aconteceu após .hack//AI buster;
  3. Sobre Kamui, a “aprendiz” de Albireo, e nova capitã dos Cobalt Knights;
  4. Como Rena (.hack//Legend of the Twilight) descobriu a lenda dos .hackers (Kite, BlackRose, etc);
  5. Como Hotaru e Sanjuro (.hack//Legend of the Twilight) se conheceram.

.hack//Another Birth 1 – 4

Conta a história dos jogos .hack project pela visão de BlackRose.

.hack//G.U.  Novels

  • The Terror of Death
  • Borderline MMO
  • Harald’s Archetype
  • 8-Dimensional Thoughts

.hack//ZERO

Novel que se passa entre .hack//SIGN e .hack//INFECTION. Conta a história de Junka Nimura, que usa como personagem uma Heavy Axeman chamada Carl. Conta também o que houve com Sora após ser atingido pelo Data Drain de Skeith em .hack//SIGN. Apenas um volume foi lançado somente em Japonês e aparentemente foi descontinuado.

.hack//CELL

Conta a história de uma Edge Punisher chamada Midori, ela faz o papel de “vítima profissional”, cobrando de PKs para que eles possam matá-la sem resistência.

.hack//Epitaph of Twilight

É o primeiro título na cronologia. Conta a história de Lara Hoerwick, sobrinha de Harald Hoerwick. Ela começa a jogar um jogo no computador de seu tio, o qual é baseado no Epitaph of the Twilight,  e acaba ficando presa no jogo. Ela logo descobre que o mundo de jogo está prestes a ser destruído pela Cursed Wave e sua única eserança é procurar pelo Twilight Dragon. Possui 2 volumes e foi lançado apenas em Japonês.

.hack//Bullet

Online Novel. Se passa 3 anos após .hack//Link, e Sogabe Ryuuji (Flugel) parece ser o protagonista.

Mangás

.hack//Alcor

Conta a história de uma Twin Blade chamada Nanase que é apaixonada por Silabus. Ela sente inveja de Alkaid pela atenção que recebe de Silabus após ela vencer o campeonato. Bordeaux tem Nanase como um alvo constante.

.hack//Link: Twilight Knights

Conta a história de Tokio, um jogador que literalmente entra no mundo de jogo e se aventura junto com Haseo, Kite, Tsukasa e outros personagens da serie .hack. Se passa 3 anos após o fim de .hack//G.U. Causou muita revolta por parte dos fãs mais “tradicionais”. É considerado non-canon, pois o “verdadeiro” .hack//Link é o jogo para PSP. Foi descontinuado após o lançamento do jogo de PSP.

.hack//Legend of the Twilight (a.k.a. Udeden)

Versão mangá do anime de mesmo nome, porém a história contada aqui é um tanto diferente da do anime, sendo considerada pelos fãs a “verdadeira” versão de .hack//Legend of Twilight. Único mangá .hack que lançado oficialmente no Brasil, na versão original era composto de 3 volumes, mas foi lançado pela JBC no Brasil com 7 edições. É o último título do The World R:1.

Nota: Antes do lançamento oficial em inglês, o nome .hack//DUSK foi usado em traduções de fãs, portanto não existe oficialmente um título chamado “DUSK”.

.hack//GnU

Conta a história de Raid, um jogador novato que gasta todo o seu dinheiro com uma espada muito cara e acaba sendo alvo de PKs. Lançado apenas em japonês.

.hack//G.U.+

Conta a história de .hack//G.U., mas em uma versão um pouco diferente.

.hack//XXXX

Conta a história de .hack project, mas em uma versão um pouco diferente.

.hack//4koma

8 ediçoes em formato 4koma (tirinhas de 4 quadrinhos) feito apenas para comédia, onde participam Kite, Haseo, Atoli, BlackRose, etc.

.hack//Quantum I (Introduction)

Como o nome diz, é uma introdução ao .hack//Quantum.

Beyond The World: SORA

Mangá que conta a história do filme .hack: Beyond The World

Filmes

.hack//G.U. – Trilogy

Filme em CGI de aproximadamente 2 horas que conta a história de .hack//G.U., mas de uma maneira quase completamente alterada.

.hack: Beyond The World (a.k.a. The Other Side of The World)

Filme em CGI que fecha a série. Lançado junto com o jogo .hack//VERSUS.

Info/Guidebooks e Relacionados

Terminal Disk – End of The World

DVD que contém vários videos que são liberados conforme o avanço nos jogos .hack//G.U. é feito. Era vendido junto com o Pre-Order Special Edition de .hack//G.U. vol. 1//Rebirth (a versão japonesa comum vinha com o Terminal Disk).

Esse DVD conta um breve resumo dos 4 jogos anteriores (Infection, Mutation, Outbreak e Quarantine), além de contar com detalhes o que houve entre o fim de Udeden (último título do R:1) e o começo de .hack//Roots.

.hack//Analysis

Encyclopedia .hack

G.U. Character Handbook

.hack//G.U. Perfect Guidebook

.hack//Legend of the Twilight Favorite’s Book

.hack//Archives_01

Edição limitada. “Livro” que contém imagens da produção do filme Trilogy e foi lançado em 24/12/08.

.hack//Archives_02 BLACK

Edição limitada. “Livro” que contém imagens da produção dos jogos .hack//G.U. e foi lançado em 12/08/09.

.hack//Archives_02 WHITE

Edição limitada. Contém dados sobre .hack//G.U. e o The World R:2 em geral e foi lançado em 12/04/10. A versão completa incluía também alguns posters e um CD com uma Special Soundtrack.

.hack//Archives_03 – The Book of Twilight

Edição limitada. Contém vários dados inéditos sobre os jogos IMOQ e os “ancestrais” de .hack (Treasure Hunter e afins), além de uma Soundtrack especial. Foi lançado em 03/06/11

  1. Gankutsuou
    09/10/2014 às 09:17

    Downloaded without any problems this time. Thanks!

  2. 10/10/2014 às 20:40

    Thank you for letting me know about that issue :)

  3. Gustavo
    31/08/2015 às 19:59

    Boa noite Hidora.
    Gostaria de saber como funciona o aparelho do jogo do The World
    A mente é transportada para o jogo?
    Se a mente não é transportada para o jogo, porque as pessoas odeiam ser mortas no jogo e Como elas entram em coma?
    Aguardo resposta ,obrigado.

  4. 01/09/2015 às 02:40

    Gustavo :

    Gostaria de saber como funciona o aparelho do jogo do The World

    A ideia é que o HMD funciona basicamente da mesma maneira que aparelhos de VR na vida real (por exemplo, o Oculus Rift).

    Gustavo :

    A mente é transportada para o jogo?

    A mente só é transportada para o jogo em alguns casos específicos durante a série, como Tsukasa em .hack//Sign, e os jogadores online durante o AIDA Server Incident em .hack//G.U. vol.2//Reminisce.

    Também houve casos de transporte físico para o jogo, como com Lara Hoerwick, Harald Hoerwick e Tokio Kuryuu.

    Gustavo :

    Se a mente não é transportada para o jogo, porque as pessoas odeiam ser mortas no jogo

    Você não odeia ser morto em um MMORPG? =P

    Agora imagine isso enquanto usa um óculos VR em um jogo hiper realista (como o The World é descrito).

    Gustavo :

    Como elas entram em coma?

    Nunca foi explicado na série, pelo que me lembre. Vi várias teorias na época que visitava o dothackers //bbs, mas não lembro delas. Algumas envolviam choques elétricos e coisas do tipo, mas é tudo teoria de fãs, não tem nada de oficial sobre o assunto. Bem, não que eu saiba… talvez tenha algo nos livros .hack//Archives, mas ninguém chegou a traduzir esses livros.

  5. sleipnir
    23/11/2015 às 01:06

    Qual seria a cronologia certa dos animes e OVAS?

  6. 23/11/2015 às 03:54

    Veja essa página.

Comment pages
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: